Quando a formação destrói e constrói

Nenhuma descrição de foto disponível.

Para se ser formador ou formadora, tem de se ter três coisas: Paixão, Visão e Ação. E porquê esta ordem? Porque sem Paixão, não se conseguem “mover mundos” em profissão nenhuma. Qualquer que esta seja. sem Paixão, não se consegue ter a força motriz necessária para se ter Visão e para se ter Ação. Se não gosto do que faço, nada me fará correr atrás seja do que for. Porque para me mover, eu preciso de GOSTAR do que faço. E, quantas pessoas gostam efetivamente do que fazem? Basta olhar-lhes no rosto. Bom, mas depois existem ainda situações – muito poucas – em que a pessoa pode não gostar do que faz, mas considera que isso não pode interferir na sua imagem pessoal e no seu desempenho, pelo que dá o seu melhor em cada dia. Como hão-de admitir, não se encontra muito este tipo de resiliência e de atitude ética. Mas, voltando à Paixão, Visão e Ação, se temos Paixão pelo que fazemos, é preciso ter-se Visão, ter-se uma coisa designada por proatividade e que passa por perguntar “Onde é que quero chegar? O que quero conseguir?”. É quando respondo a isto que estou preparado/a para a fase da Ação e para identificar os passos que tenho de dar para chegar à minha Visão.

Então, e voltando àquilo que faço – sou Formadora, como sabem – é cada vez mais percetível a diferença entre as formações que são ministradas sem qualquer responsabilidade, empatia e comprometimento ético e todas as outras que são asseguradas por profissionais com sentido de Paixão, Visão e Ação. Quem é hoje Formador ou Formadora, tem a árdua missão de criar confiança no seu público e de lhes incutir o gosto pela aprendizagem e isto porque durante largos anos se criou uma imagem totalmente deturpada e errada sobre o conceito da Formação Profissional. Dar formação é de uma imensa responsabilidade e hoje, face aos desafios e ao tempo que se perdeu em formações desprovidas de propósito, é-o ainda mais. Dar formação é antes de tudo, ter a humildade de me contextualizar nas realidades pessoais que encontro e de me ir ajustando ao meu público. Não há matérias estudadas e debitadas. Há um conjunto de saberes que terei de identificar como sendo úteis a cada público de cada ação de formação. Um público que está à espera de ser surpreendido pela positiva e que só assim acreditará no papel transformador da formação. Essa é a postura correta de um Formador ou Formadora “a sério”. Para além da humildade, há que ser flexível e muito criativo/a, implementando atividades que provoquem a reflexão, o debate de ideias, a procura de soluções práticas e para isso terá de ter Visão, deverá pensar em estratégias que, sessão em sessão, vão consolidando tudo o que vão ouvindo do Formador ou Formadora. E, finalizando, a Ação deverá inspirar, deverá “agitar as águas”, deverá surpreender e nesta Ação, a Paixão far-se-á notar – ou não.

Dar formação ou ser-se Formador ou Formadora não “são favas contadas”, o sucesso não é garantido e por isso há que trabalhar muito fora da nossa zona de conforto. Também não são “peanuts”, é de enorme responsabilidade e desafiante. Nós, Formadores e Formadoras, temos o dever de “sentir” as necessidades reais do nosso público e por vezes, essas necessidades estão para além do Programa Formativo e das apresentações que levamos. Quem encara a formação como “peanuts”, não a encara com sério comprometimento. Dar simplesmente formação, não nos faz Formadores e Formadoras e o valor que nos pagam, não é para debitar, é para criar valor nas pessoas que nos ouvem e nas empresas onde trabalham.

“Sendo que o bom Formador/Professor ensina para uma profissão mas, o Formador/Professor extraordinário ensina para a vida! Um Formador/Professor faz os seus Formandos/Alunos repensarem o seu lugar no mundo e a sua importância no futuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: