Cozido à Portuguesa…delícia de Inverno

De origem incerta, é um dos pratos típicos portugueses, comum a todas as regiões do país (apenas com algumas variações de ingredientes), transversal em termos de classes sociais, que agrada a mais novos e mais velhos e que nos aquece e reconforta nos dias mais frios que se aproximam. Se é de origem judaica, castelhana ou se teve origem nos Descobrimentos, com o Infante D. Henrique no século XIV, o que é certo é que mesa que é mesa tem, desde há muito, Cozido à Portuguesa no Inverno (e no Verão, embora não seja a mesma coisa).Com grão ou sem grão, com arroz ou sem arroz, com feijão ou sem feijão, com galinha ou sem galinha, com carne de porco ou sem carne de porco e independentemente do tipo de enchidos e da maneira como se juntam e cozem os ingredientes, o Cozido à Portuguesa é intemporal e deixa-nos um caldo hiper-saboroso para uma boa sopa de massa com folhinha de hortelã. Até já imagino o cheirinho.Uma curiosidade: a primeira receita publicada em Portugal data do século XVII e só a partir desta altura é que se começou a usar batata no Cozido.É um prato para “fortes” mas também não se come todos os dias. Então, sirvam-se. A travessa está na mesa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: